8/22/2007

Caminhando


Sou protagonista do meu presente,
Saboreio minhas vitórias,
Lamento minhas perdas,
Sorrio o riso sincero,
Choro a lágrima sentida
e, quão sentida é.

Sou arquiteta do meu futuro,
Presumo formas,
Traço linhas,
Imagino espaços,
Edifico sonhos.

Caminho...
Essa sou eu,
Nada tão frágil que
não se entregue à euforia.
Nada tão forte que
não se entregue ao desalento.


(by Daniele)

8 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Benvinda de volta, estava ficando preocupado. E volto com força total pelo jeito.

Sheherazade disse...

Oi, minha querida Danilinda!!!
Que bom que você voltou! Tô feliz em lhe reencontrar aqui, no seu cantinho, tão lindo quanto você. E aí, como está a saúde da sua querida amiga? Você esteve com ela durante esse tempo? Espero que a tenha deixado com a paz espiritual que só Deus pode nos dar em situações semelhantes.

Um beijo grande e seja muito bem-vinda ... Eu já tava "troncha" de saudade.

Bill disse...

Puxa, por onde você andou?
Demorou, mas voltou com a mesma inspiração de sempre!
Bjuuuuuuuuuuuuussssssssssssssss!!!!

Mariliza Silva disse...

Ai que saudades eu estava dessa minha irmã querida!!! Sumida demais da conta!!!
Está tudo bem com você????

Um beijo no seu coração

Mariliza

Mariliza Silva disse...

Tô ficando triste e preocupada...

Cadê você, minha irmã, amiga e porto seguro?

Beijos e dê notícias

Mariliza

Vera disse...

Minha querida e maravilhosa Amiga, quantas saudades! Também eu tenho andado tão ausente deste mundo, mas com saudades dos amigos!
Espero que estejas bem!

Mil beijos!
Adoro-te MUITO

Saramar disse...

Dani, finalmente menina!
Que férias colossaisi (risos).
Que saudade de você e dos seus versos!

bem vinda, querida.

beijos, saudades.

Nilson Barcelli disse...

Daniele, este poema é fabuloso.
Como tantos outros que já li e reli no teu blog.
Este é de Agosto de 2007...
Querida amiga Dani, tem uma boa semana.
Beijos imensos.