4/12/2007

Pablo Picasso, o Gênio Andaluz

(25.10.1881 a 08.04.1973)

A monumental Obra de Pablo Ruiz y Picasso constitui
se de desenhos, pinturas, gravuras, esculturas, colagens
e cerâmicas. Caracteriza-se pelo intenso dinamismo das
mudanças de estilo e na busca incessante de novas
formas e soluções. No dia 08.04 relembramos
34 anos da morte de Pablo Picasso.

São traços comuns, em todas suas fases e experiências
o domínio pleno, de todas as técnicas e materiais,
o humor sarcástico voltado sempre para a
deformação e a caricatura, o gosto de
transformar as coisas,como a si mesmo.

Foi o gênio das metamorfoses, virtuose e comediante
das inquietações momentâneas, sem nunca romper a
espinha dorsal de seu individualismo.

Entre 1900 a 1906, inaugura os períodos conhecidos
como "Fase Azul" (onde retrata personagens da
burguesia ou do submundo) e, a "Fase Rosa"
(em que a temática são os artistas de circo).

Picasso foi um homem extremamente sedutor,
teve inúmeras mulheres, que transformou em
Musas e, cada fase sua representa
um novo amor.

O quadro acima, intitulado como "Les Demoiselles
d'Avignon"
, revolucionou o mundo da arte, retratanto
prostitutas num bordel, em um estilo menos naturalista
e mais geométrico, ou seja, inicia um novo caminho em
que já se esboça o cubismo, enquanto paralelamente,
a escultura africana influencia suas contínuas
pesquisas das deformações expressivas.

Entre 1910 e 1912, as representações do "cubismo
analítico"
atingem o máximo da Abstração Picassiana.

Suas colagens, incorporam materiais até então
estranhos ao quadro, como em "Violino, garrafa,
copo"
e, aos poucos surge o "cubismo sintético",
policromático.


Em seguida Picasso realiza uma pintura semi-abstrata,
"O Pintor e seu modelo" . A partir de 1930, após um
cubismo quase decorativo e um estágio neoclassicista,
seus quadros apresentam formas de ritmo forte, às
vezes espasmódico, sendo o prenúncio da explosão
dramática de 1937, com "Guernica", uma
grande composição em preto e branco
com imagens convulsas e estilhaçadas
que denunciam o bombardeio à
cidade basca, Guernica.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Picasso continuou
vivendo em Paris sob a ocupação alemã. Em uma
revista em seu apartamento, um oficial nazista
observou uma fotografia do Mural Guernica
na parede e, apontando para a imagem,
perguntou: Foi você quem fez isso?
E Picasso respondeu, após um
segundo de reflexão: Não,
vocês o fizeram
.

As fases seguintes são de tendências diversas,
que incluem reiterações do cubismo, distorções
figurativas entre o cubismo e o expressionismo.

Referências:

1- Picasso
Walther, Ingo F.
Editora: Paisagem Distribuidora.

2- Pablo Picasso - Coleção Grandes Mestres
Scarborough, Kate
Editora: Atica.

3- Picasso - 200 Masterworks From 1898 To 1972
Picasso, Pablo
Editora: Bulfinch Press.

4- A Day With Picasso
Wynne, Christopher/Pfleger, Susanne/Picasso, Pablo
Editora: Prestel.

Picasso costumava dizer que levou a vida inteira
para pintar como uma criança. O mestre acreditava
que precisou de 80 anos para alcançar o tão sonhado
olhar leve, com espontaneidade e sem preconceitos,
apenas possível no mundo infantil.


O caminho contrário ele fez na infância: O menino,
com apenas 8 anos, já pintava como um homem.


Sua Obra, foi solidamente construída sobre constantes
quase inalteráveis, em que sobressai
a liberdade formal.


Seu testemunho é o da definitiva libertação da forma
na criação artística. Pablo Picasso deixou um legado
inconstestável, foi o artista mais versátil do séc. XX

(By Daniele)

------>Museu Pablo Picasso Barcelona<-------

------>Fundação Pablo Picasso<------

13 comentários:

Guilherme disse...

Linda Dani, seu post sobre Picasso está perfeito. Só uma artista para discorrer sobre outro.

"Eu não procuro, eu acho."
"Eu não aprimoro, eu sou."
"Eu não falo tudo, mas pinto tudo." (Frases de Picasso)

beijo

Cadinho RoCo disse...

Belíssima lembrança homenagem ao gênio Picasso, dos maiores nomes do século XX.
Cadinho RoCo

littledragonblue disse...

Olá. Estve a ver (julgo ser a tua web) e gostei. Os meus parabéns.

Beijinhos e votos de um bom fim de semana
littledragonblue

Cris disse...

Dani querida...estamos meio sumidas heim???Rsrsrsrs...saudades de vir aqui!
Divino esse pos t sobre Picasso, um dos artistas que eu mais admiro...
Mas hoje vim em especial te convida rpara conhecer minha casa nova...tô de mudança e conto com vc lá tá?
Aproveito para pedir que mude o link aqui, o In The Name Of Love está sendo desativado...desde já, obrigado! Su apresença é importante...te espero!
Um beijo carinhoso e um bom fim de semana, Crissssssss....

Anônimo disse...

Minha linda irmã de alma
Vem comer boloooooooooooooo!!!
Hj é meu aniversário!
beijos
:)
elisabete Cunha

Naeno disse...

Genial Pablo Picassso, um pintor revolucionário, ao qual a humanidade ainda há de render graças e muitas honras.
Muito bonito o teu trabalho.

Um beijo
Naeno

Cadinho RoCo disse...

Passei aqui só para deixar um beijo
Cadinho RoCo

Machado de Carlos disse...

Como vai você? Sempre publicando coisas maravilhosas! BFS

Naeno disse...

Cadê você, minha insulina diária.
Meu controlador de pressão,
meu corpete de coluna,
meu barbeador,
meu creme dental,
minha chinela,
meu anel de Nossa Senhora,
minha calça jeans,
Meu bom dia,
Minha boa tarde,
Minha boa noite.
Meu jardim florido.
Meu soro,
Minhas plaquetas
Meu coração em batimentos nervosos,
Meu descanso.

Como vivo sem tu...do isso?

Um beijo
Naeno

Fúria das Águas disse...

Minha amiga Dani venha comer um pedaço de bolo, amanha estarei fazendo mais um aninho e quero meus amigos comigo.
Um beijo e um sorriso
Fica bem
Fúria

Saramar disse...

Querida Dani, como sempre, um texto maravilhoso, uma aula de beleza e assuntos construtivos e interessantes, com abordagem elegante e concisa.
Obrigada.

Beijos e boa semana para você.

Sheherazade disse...

Uau! Venho aqui te dar um "xêro" e recebo uma senhora aula sobre o Grande Mestre, Pablo Picasso ... Tô vendo que o sobrenome garantia o produto, pela genial resposta dele ao nazista ... Hehehehehe!!!
Tava com saudade, visse, mulé?

Beijo graaaaaaaaaaaaaaaaande assim, ó!

sónia disse...

um génio, sem dúvida...um dos grandes nomes da arte que trouxe uma nova perspectiva da realidade!

beijinho