5/17/2007

Frenesi

Qual chaga,
consome, traga,
violando sentidos
em sustenidos,
catalizando desejos
em bemóis.
Arpejos soam
na volúpia voraz.
Acordes ressoam
nos toques lascivos.
Vibratos inundam
corpos sedentos,
mares de delícias.
Sorvendo carícias impuras,
percorre minha pele nua, crua.

(by Daniele)

29 comentários:

Guilherme disse...

Linda Dani
lanças a dança,
desenfreado frenesi,
corpos violados,
volúpia voraz,
mares de delícias,
sedentos por ti.

beijo
]aú[

Sheherazade disse...

Ah! Minha linda... Depois de tantos sustenidos, acordes, bemóis, vibratos e arpejos, melhor deixar essa orquestra barbarizar, mesmo!

Adorei ... de novo! Beijos mil!!!

Angela disse...

O vibrar da música reflectido nesse frenesim sensual. Uma bela mistura!

Um grande beijinho para ti querida Daniele de quem te admira muito!

mago dos sonhos disse...

Saudações Singela Senhora!

Poderosa valsa de letras. Majestoso tango em sentires presos. Melódicas palavras em sentimentos divinos, em desejos despidos, explosiva pureza, em contornos despidos, em altivos corpos finos. O Mago, aqui repousou.

Sonhos Mágicos

Farinho disse...

Querida amiga Dani

Esse frenesi é delicioso quando nos consome a alma e percorre o corpo.

Beijoquinhas doces

A.S. disse...

Uma belissima orquestra de emoções e desejo, tocando de improviso na pauta lasciva de corpos sedentos de caricias, uma bela melodia de amor...


Um terno e doce beijo...

Sandokan disse...

Não vivo de pesadelos. Tenho sonhos como qualquer ser humano que procura a luz que nos guia. A vida envia-nos muitos sinais, basta estar atento e procurá-los à nossa volta.São muitos e enviados das mais diversas maneiras. Por isso sou um GUERREIRO LOBO, que mantendo a calma, sabe esperar e nunca ter medo.

Abri há pouco a janela
do meu quarto minguado,
entrou o vento
soprando forte
trazendo uma trova
e uma canção
com um refrão tão triste
que diz
que nunca mais te encontrarei.

Parti como um louco,
gemendo e chorando
e à tua porta bati.
Apareceste-me
bela e singela
com a tua leve candura
na face tinhas a lágrima da
desventura.

Soltei um grito de pânico,
que atravessou o oceano
e num rochedo fez eco
levado pelos anjos
que partiram para sempre.

Grito agudo e
lancinante
que transporto sempre no peito
deixando amargas liras
e a saudade de te ver.
Perdi-te meu AMOR.

Meus amigos e amigas: Aceitai o medo como que ele faça parte integrante das nossas vidas. Aceitai-o, mas não tenhais receio de AMAR. Aceitai especialmente o medo da mudança, mas saibamos caminhar sempre em frente apesar do bater do nosso coração nos lançar um grito lancinante como que a dizer: VOLTA PARA TRÁS!
As trevas da noite caem, mas a manhã volta de novo ainda mais brilhante.
Manteremos viva a nossa ESPERANÇA.

Com especial carinho para ti, dedico este meu poema.

Sou um GUERREIRO LOBO que habita as paragens das caçadas eternas do bosque da felicidade, o "nosso" :

http://lusoprosecontras.blogspot.com

Vinde até ele ouvir a minha história. É uma história de um Povo, e o Povo é simples como eu.

Deixo-te aqui, neste teu cantinho maravilhoso, um grande abraço de Amizade.

SANDOKAN

Ricardo Rayol disse...

Minha dileta Dani, um escrito que transborda urgência e sensualidade. Irretocável.

Mariliza Silva disse...

Minha querida irmã, mãe, amiga de todas as horas.

Me perdoe a insensatez da minha ausência e desleixo de só hoje vir aqui retribuir seu carinho. Mas saiba que não há um dia que eu não lembre de que existe um anjo que me deseja tão bem quanto é você!

Cheguei a escrever para você aqui e o sistema caiu fora do ar. Estou escrevendo de novo na esperança de desta vez chegar ao seu coração.

Um grande beijo e mais uma vez me perdoe a ausência. Tá difícil de sair desta fase.

sua irmã Mariliza

Sheherazade disse...

Oi, Danilinda!
Oxalá eu tivesse metade das qualidades que me atribues ... Só dava eu na parada ... Hehehehe!!!
Adoro tu, visse, bichinha?

Beijosssssssss

Fúria das Águas disse...

Minha querida amiga Dani, obrigada pelo carinho por mim e pelo que escrevo, acho que poetisa não sou, mas escrevo tudo com meu coração e ele é tão cheio de amor que as palavras não me são suficientes.

Um desejo de corpos que viram orquestra quando se tocam, são sons do desejo.

Um beijo minha querida
Furia

Miosotis disse...

Olá amiga!
Saudades de vc.....
Quando os sentidos disparam na loucura da fusão de dois seres, acontece isso mesmo...frenesim.
Lindo!
Bom final de semana.
Beijos espalhados por entre as miosótis

o alquimista disse...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia…

Bom fim de semana

Doce beijo

cantabile disse...

fortíssimo.
BRAVO!!!!

hilda disse...

Lindo! Frenesi em tons musicais... dancei pelas nuvens no teu Frenesi, Daniele!

Beijos e bom final de semana.

mitro disse...

No meu coração apenas tocam dissonâncias...

Bill disse...

Sim, eu sinto tudo isso!
E gostaria de viver, um dia!

Saramar disse...

Belíssima sinfonia de paixão e amor!
Os versos desenham a música dos amantes e nos faz levitar nesta dançã.
Maravilhoso!

beijos

littledragonblue disse...

Sensual, belo, ... o frenesim do amor, que é dono das loucuras e prazer.
Um beijinho e votos de uma boa semana

mago dos sonhos disse...

Saudações Criatura Eterna!

Passei para te desejar, uma agradável continuação de Domingo. "Nas montanhas gélidas do Norte, da profundeza dos mantos brancos de neve, majestosa força no meu corpo estremece, que meu batimento descompassa e minha carne entorpece"...

Sonhos Mágicos

JuJu disse...

Já vi que neste blog a poesia corre solta...hehehe!
Que tal vocês criarem uma melodia para cada um de seus poemas? ficaria ótimo!

halmaguerreira disse...

novo concurso halma guerreira,pagina exclusiva,inscreva-se

Sheherazade disse...

Passando pra deixar o meu carinho, agradecer o teu apoio e te desejar uma semana de muita luz.

Com um montão de beijos, é claro!

Farinho disse...

querida amiga...

Vim desejar uma boa semana,
repleta de sonhos,
desejos,
segredos por desvendar,
que a manhã de primavera
a toque com raios de sol,
que a fada lhe transmita magia,
que o céu azul
a encha de esperança.

beijoquinhas doces.

Miosotis disse...

ﻼణ═══▓∙._ﻼణﻼణﻼణ═══ﻼణﻼణﻼణ_.∙▓═══ﻼణ

         Tenha um
      ≈◦…◦ﻶﻉణﻉﻶ◦…◦≈♥≈◦…◦ﻶﻉణﻉﻶ◦◦…◦≈
                 Lindo DIA !!!
         
_________*bjo*bjo*___*bjo*bjo*
_____*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*
___*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*
*bjo*________*bjo*bjo*bjo*_________*bjo*
___*bjo*bjo*bjo*________*bjo*bjo*bjo*
_____*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*
_________*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*
___________*bjo*bjo*bjo*bjo*bjo*
_______________*bjo*_bjo*

ﻼణ═══▓∙._ﻼణﻼణﻼణ═══ﻼణﻼణﻼణ_.∙▓═══ﻼణ

Mário disse...

Dani, tem missão para você no APOIO FRATERNO. Abraços, Mário.

MoonLight disse...

Adoro vir te visitar... a maioria das pessoas só sabem juntar as palavras para xingar, praguejar, etc.

Tu as une e as transforma em obras de arte.

Obrigada!!

Mário disse...

Dani, esse seu poema está magnífico. Gostei demais.

Vera disse...

Querida Amiga, Poetisa e Mulher Maravilhosa, o teu poema está lindo e musical! Apetece ler novamente e dançar!!!
Aproveito para te pedir desculpa pela minha ausência, mas a minha princesinha está doentinha e agora tenho pouco tempo, mas virei sempre que puder, nem que seja assim rapidinho como agora!
Desculpa minha querida amiga que tanto adoro!

Um beijo enorme com muito carinho!