2/08/2007

Sentidos

são fios condutores
que a alma tece.


Estou diante de você,
frágil, exposta,
rasgada, desnuda.

Portanto convido
sente ao meu lado,

Ouça meu olhar,
perdido na escuridão.

Cheire meus medos,
tomados pela inexatidão.

Sinta o meu gosto,
doce como mel.

Toque meu coração,
com fúria,
doçura.

Conjugue
meus sentidos,
teça o amor,
rasgue em viés,
faça-me tua.

(By Daniele)

18 comentários:

Cris Penaforte disse...

Dani querida...sempre bom vir aqui...Tudo bem? Desejo que sim, comigo tudo bem, canasada, mas tudo bem. Qto à confusão de datas, não liga não, acontece nas melhores famílias...rsrsrs...Querida, a sua lembrança sobre o nosso dia me deu uma idéia:Blogagem Coletiva, que tal? Me diz o que acha tá?
Linda poesia...como todas...
Um beijo carinhoso, Crissssssssssssssss...

Vera disse...

Querida e maravilhosa Amiga Dani,
adorei o teu poema, carregado de emoção!
Quando amamos verdadeiramente despimo-nos de corpo e alma, para que nos conheçam verdadeiramente. com uma entrega tão grande e tão sentida!
Só assim podemos amar verdadeiramente e sermos realmente amadas!
Adorei!!! Encantas-me sempre!
Mil beijos da tua fã e amiga

Saramar disse...

Daniela, é tão prezerosa esta lenta admiração, o conhecimento pelos sentidos, o amor e a paixão em cresnte movimento...
Lindo poema.

Beijos

Cecilia disse...

Lindo Poema Querida Poetisa, rasgado de sentimentos.
Com relação ao dia da Mulher, não se preocupe... Hehehe sempre quando estamos cansadas erramos datas, faz parte.
TE ADORO MUUITOOOO LINDA!!!
Você tem Orkut? Se tiver, posso te adicionar?
Beijos Enormes e apareça sempre...
Cecilia

elisabete cunha disse...

Dany: Que maravilha, excitante, sensual.........amei,vc é demais!!!
Aparece tem post novo.....

Luis.Amaro disse...

Lindo Poema.
Parabéns

Zeca Paleca disse...

Feliz do homem a quem dedicas este poema.
Aquele que não te escuta só mostra a sua debilidade e sujeita-se a ter a tua...distância.

Espero bem que não seja assim!


ehehehehehe

Aceita um cházinho no:

www.lusoprosecontras.blogspot.com

?
Com bolachinhas...

eheheheheh

Ricardo Rayol disse...

Ouço cada segundo
Cada suspiro
Da brisa
Teimosa
Traz o cheiro
Da saudade
Ouço batidas
Coração doce
Intenso, perpétuo
Envolvente
Ouço toques
Suaves
Pele arrepiada
Ouço
Sempre

Hilda disse...

Linda sedução poética, Dani! Você sabe como ninguém poetizar emoções! Beijos...

Yvonne disse...

Dani, perdi o fôlego. Que lindo! Beijocas

Valéria disse...

Pandinha Amada,

Hoje dia 09, tem alguma comemoração ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Relax, não fique brava, é apenas uma brincadeirinha rssssssssss

Beijos da Panda !!!

Val

Lino disse...

Dani:
Fiquei sem palavras.

nancy moises disse...

Eii querida trago flores p vc e te desejo um otimo final de semana. Como sempre vc nos presentando com poemas tão lindos ..São fios condutores que a alma tece (demais) adorei.
bjs

elisabete cunha disse...

Ai Dani, eu amo vir aqui e ler essas palavras encantadas.....
Bom final de semana!!!tem post novo...

Carlos disse...

Um Grande Abraço! Um bom final de Semana!

claudia pit disse...

Oiii tudo bem com vc? Que lindo esse texto.. ameiiiiiiii!

Hum... mais uma semana se inicia e eu vim só para desejar á você uma
semana com muito sol e brilho em sua vida!
Aproveito para agradecer a sua visita e o carinho deixado no blog Entre Amigos.
Bjsssssssss
Cláudia Pit
http://claudiapit.zip.net
http://blogentreamigos.zip.net

Tina disse...

Lindo, sensual, hot! Perfeito minha poeta querida, perfeito!

beijos minha linda e boa semana!

o alquimista disse...

Noite de chuva, pranto da alma de um triste deus... ou estará a lua a chorar?

Doce beijo