1/10/2007

Presença

Doce presença

aflora,
apossa,
acalenta,
sussura
suavemente.

Invade, envolve,
dilacera, devora,
entranha.

Embriaga,
tece fios
do amor,
véus da
devocão.

Flui,
reluz,
seduz.


Impotente,
rendo-me
plenamente.

(By Daniele)

16 comentários:

melinha disse...

belissimo! senti cada palavra ao maximo e deliciei-me
bjs

Ricardo Rayol disse...

Dani, que belissimo escrito. Demonstra toda a intensidade de uma mulher apaixonada. O que me leva a pensar o quão sortudo é o objeto dessa paixão. Sua paixão? Invejo-o :-)

Vera disse...

Querida Amiga Daniele, o teu poema está maravilhoso. Uma doce declaração de amor e entrega.
Adoro tudo o que sai da tua alma e do teu coração! Porque é com a alma e o coração que escreves!
Tenho-te também a dizer que estou verdadeiramente emocionada com as palavras que me deixaste hoje. E sabes que também eu te amo muito. Mesmo sem nos conhecermos pessoalmente e estarmos separadas por um oceano, conheço a tua alma e isso basta para ver a tua grandiosidade!
És divina Daniele!

Um beijo enorme da tua fã nº 1 (todos os outros, que sei que tens muito e mereces cada um, que me perdoem)

Cadinho RoCo disse...

Em seu fôlego sinto-me inspirado por seus versos.
http://cadinhoroco.blogspot.com/

Sheherazade disse...

Pôxa, Dani, desse jeito vais deixar a gente babando de inveja do teu amor ... Eita cabra sortudo, esse! O melhor de tudo é sentir a reciprocidade entre vocês. Lindo! Parabéns!
Ah! só pra garantir: Pé-de-pato, mangalô, três vezes ...Pra espantar o mau-ohado ... hehehehehe!

Beijos, amiga!

cantabile disse...

Sua forma de escrever é leve como brisa de primavera.

Anna D' Castro disse...

Minha adorada Dani, que lindo poema... Como é bom sentir o amor alimentar tua alma de poeta... Que Deus te traga todas as venturas do mundo em 2007, pois tu mereces tudo quanto há de melhor.
Venho deixar um beijo muito carinhoso com muita amizade.
Anna

Rafael Velasquez disse...

prende.

Jane CZ disse...

CONTINUO INDIGNADÍSSIMA COM A AMEAÇA DE FECHAR O YOUTUBE NO PAÍS. ESPERAMOS A UNIÃO DE TODOS OS BLOGUEIROS NESTA INDIGNAÇÃO!!

Cadinho RoCo disse...

Nunca é demais saborear este poema.
http://cadinhoroco.blogspot.com/

Hilda disse...

E eu, rendo-me plenamente em admiração aos teu poemas, doce Dani. Beijos

Tina disse...

O amor... rendo-me totalmente.

Lindos versos minha querida,lindos.

beijos e bom fim de semana,

Fatima Gama disse...

Lindo poema amiga querida, bjs e bom fim de semana!

Lili disse...

Olá! Eu já estava com saudade de vir aqui e ler esses textos tão maravilhosos!
Um final de semana com muito amor, paz, luz e bem pra vcs!

bjinhos

Machado de Carlos disse...

Vou dizer-lhe um poemeto de uma amiga:

Eu

Não sei quem sou
Às vezes me confundo
Sonho. Misturo-me no teu eu
Fico sem saber se o teu eu é o meu eu
Só sei que somos um
A soma de dois eus.

Érika
11/01/2007

Machado de Carlos disse...

Vou dizer-lhe um poemeto de uma amiga:

Eu

Não sei quem sou
Às vezes me confundo
Sonho. Misturo-me no teu eu
Fico sem saber se o teu eu é o meu eu
Só sei que somos um
A soma de dois eus.

Érika
11/01/2007